PEC emergencial prevê economia de R$24,8 bilhões

O governo vai enviar ao Congresso uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) emergencial, que prevê uma economia de gastos de R$ 24,78 bilhões no primeiro ano de vigência. Entre as principais medidas está a redução temporária da jornada de trabalho e de salários dos servidores, garantindo uma economia de R$ 7 bilhões em 12 meses.

A PEC ainda aciona todas as medidas de ajuste previstas para o caso de descumprimento do teto de gastos, regra fiscal constitucional que impede o crescimento das despesas acima da inflação.

Mesmo com um texto já tramitando na Câmara, o governo resolveu apresentar uma versão mais básica, por causa da urgência das medidas para garantir o cumprimento do teto de gastos no segundo ano do governo Jair Bolsonaro sem achatar muito os investimentos, como ocorreu em 2019. A PEC emergencial é vista com a mais importante das reformas que o ministro Paulo Guedes vai apresentar nesta semana.

Fonte: BocaoNews

Após chegada de óleo, visitas a Abrolhos são suspensas

Após a chegada de manchas de óleo ao Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) determinou neste domingo (3) a suspensão por três dias da visitação ao local. A medida se dá para não atrapalhar as atividades de prevenção, controle e remoção do óleo e minimizar danos à saúde dos visitantes. A depender do avanço das partículas de óleo na região, a suspensão pode ser prorrogada.

Neste domingo (3), o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, sobrevoou o parque, onde o óleo foi detectado pela primeira vez no sábado (2). Em Porto Seguro (a 715 km de Salvador), o ministro afirmou que “não tem bola de cristal” para estimar o volume e a dinâmica do vazamento do óleo que atingiu as praias do litoral nordestino. “É um óleo difícil, que vem a meia água. O radar não pega, o sonar não pega, o satélite não pega. A gente tem uma visualização dele quando chega na água. É difícil, a gente não tem um bola de cristal em relação a isso”, afirmou.

O ministro falava sobre a possível quantidade de óleo vazada e a chance de novas manchas continuarem atingindo a costa do país. Isso porque neste sábado novas manchas de óleo em grande quantidade foram registradas em praias de Salvador. Somente na praia do Rio Vermelho, uma das mais icônicas da cidade por abrigar a festa de Iemanjá, foi retirada mais de uma tonelada de óleo entre sábado e domingo.

Após o sobrevoo em Abrolhos, o ministro informou que não houve registro de novas manchas de óleo no arquipélago. Fernando Azevedo e Silva ainda destacou o trabalho da força-tarefa montada em torno do Arquipélago de Abrolhos, considerado o principal berçário de biodiversidade marinha do Atlântico Sul. “Fiz questão de passar aqui em Abrolhos pelo sinal de ontem, o aparecimento de pequenos fragmentos [de óleo]. É um sinal”, disse o Azevedo Silva, que classificou o parque de Abrolhos como um “santuário ecológico”. Desde 31 de outubro ele tem percorrido o litoral do Nordeste.

Quatro navios da Marinha e dois da Petrobras patrulham a região. Equipes de mergulhadores estão fazendo vistorias periódicas nos recifes de coral e uma equipe de 30 pessoas está atuando na limpeza. Questionado sobre as investigações dos responsáveis pelo vazamento, o ministro afirmou que a petroleira grega Delta Tankers, apontada pela Polícia Federal como principal suspeita pelo vazamento, foi notificada.

O ministro não quis comentar sobre a nota emitida pela Delta Tankers que negou responsabilidade sobre o vazamento de óleo que vem atingindo a costa brasileira. Mas afirmou que todos os indícios apontam apara um vazamento do navio grego Bouboulina. A área concentra alguns principais bancos de corais do litoral brasileiro, incluindo espécies ameaçadas de extinção como os corais-de-fogo. Também registra cerca de 1.300 espécies de plantas e animais, incluindo as baleias-jubarte, que buscam as águas calmas do santuário para o acasalamento.

Segundo balanço do Ibama, 314 locais em mais de 100 cidades já foram atingidos pelo Petróleo, em todos os estados do Nordeste.

Fonte :BAhiaNoticias

Mais um caso de racismo no futebol italiano; Balotelli é a vítima da vez

O Campeonato Italiano protagonizou mais uma cena de repúdio neste domingo (03). Talvez o maior símbolo do futebol da Itália contra o preconceito racial, Mario Balotelli, jogador do Brescia, sofreu injúrias contra a cor de sua pele no jogo desta tarde contra o Hellas Verona.

Aos nove minutos do segundo tempo, o atacante ouviu coros imitando macacos vindo da arquibancada, parou o jogo e chutou a bola da partida em direção à torcida do time da casa. O fato aconteceu logo após o primeiro gol do Hellas, marcado por Eddy Salcedo. O atleta tentou se retirar do campo, mas seus companheiros de time deram forças para Balotelli continuar em campo.

O técnico do Hellas Verona, assim como sua torcida, afirmou que os insultos eram apenas vaias e provocações, mas nada com o cunho racista. Um do Hellas publicou um vídeo em sua conta pessoal do Twitter, onde questionou “Balotelli ouviu coros racistas? Ou o gênio queria que falassem dele?”, mas na filmagem fica claro os barulhos de macaco.

Apesar do episódio, Balotelli voltou ao jogo e ainda marcou um lindo gol já no final da partida, o que não evitou a derrota do Brescia pelo placar de 2×1.

Essa não foi a primeira vez na temporada que um jogador negro sofre racismo no Campeonato Italiano da Serie A, Lukaku da Inter, Kessié do Milan e o brasileiro Dalbert da Fiorentina, também já foram vítimas de insultos raciais durante a atual edição da competição.

Hamilton fica atrás de Bottas, mas conquista o hexa da Fórmula 1 nos EUA

O piloto Lewis Hamilton é hexacampeão mundial de Fórmula 1. O inglês precisava apenas do oitavo lugar para conquistar o título neste domingo (3), mas foi além: obteve a segunda colocação no Grande Prêmio dos Estados Unidos e levou a melhor sobre Valtteri Bottas, seu companheiro de Mercedes, que ainda o ameaçava. Não mais. O finlandês o ultrapassou no fim e venceu a corrida, mas já não pode mais alcançar a pontuação do colega no Mundial de Pilotos.
Ao longo de toda a etapa de hoje, Hamilton sempre ficou acima da oitava colocação (que já garantiria a ele os quatro pontos necessários para confirmar o título) e nunca correu qualquer risco de perder o troféu. O hexa o deixa a apenas um título de Michael Schumacher, que foi sete vezes campeão mundial de Fórmula 1 ao longo da carreira e está isolado na primeira colocação do ranking de maiores vencedores.
Ontem, o treino de classificação já indicava grandes possibilidades para Hamilton, que largou em quinto lugar e saltou para terceiro nos primeiros segundos da prova de Austin. A boa largada, vale ressaltar, foi facilitada pelo desempenho ruim de Sebastian Vettel, que largou na segunda posição, foi tocado por Albon e acabou abandonando a corrida na nona volta.
Bottas fez a pole position no grid de largada, mas viu a maior parte do GP dos Estados Unidos ser liderado por Hamilton. O finlandês só conseguiu ultrapassá-lo na volta 52 (de 56).

Fonte: Folhapress

Vereador Sgt Berg defende maior transparência no processo da renovação do contrato entre Embasa e Prefeitura de Teixeira de Freitas

Durante a Audiência Pública sobre a renovação do contrato entre Embasa e Prefeitura de Teixeira de Freitas o vereador Sgt Berg se posicionou firmemente na defesa de ampliar a discussão sivre as cláusulas do contrato, inclusive solicitando que a naior parte dos investimentos aconteça na primeira década e na segunda, ao contrário da Embasa que prevê o boom de investimentos nos últimos dez anos. Para o vereador Sgt Berg ,a Lei Municipal sobre Saneamento Básico deve ser a base das discussões. A próxima Audiência Pública está marcada para o dia 07 de novembro na Câmara Municipal de Teixeira de Freitas.

Briga de gigantes chega ao fim: Heineken faz acordo de distribuição de cerveja com Coca-Cola

Uma briga entre duas gigantes do ramo de bebidas no Brasil chegou ao fim. Uma decisão judicial determinou, nesta quinta-feira (31), que a Heineken deverá manter, até 2022, a Coca-Cola como distribuidora das cervejas da marca.

A Heineken tentou abandonar o acordo em 2017, após comprar a Brasil Kirin, para usar a estrutura de distribuição que herdou do grupo japonês (que teve origem na brasileira Schincariol).

O contrato entre Heineken e o Sistema Coca-Cola, representado legalmente pela Associação Brasileira dos Fabricantes da Coca-Cola (ABFCC), envolve 13 empresas, além da distribuição de outras bebidas alcóolicas, como Kaiser, Amstel, Bavaria, Xingu e Sol.

A decisão judicial garantiu o cumprimento do contrato até que as duas partes resolvam a questão em arbitragem e, em razão do acordo, a Heineken não terá de pagar multa à parceria. A partir de 2022, a tendência é que a Coca-Cola busque uma opção de cerveja, seja por um novo parceiro, seja por uma marca própria que ainda precisa ser criada.

Por meio de nota, a Heineken afirmou que “recebeu a decisão final do processo de arbitragem entre a Cervejarias Kaiser, empresa pertencente ao Grupo, e o Sistema Coca-Cola Brasil, e que sua equipe jurídica está analisando o conteúdo. Em breve, a empresa se pronunciará sobre o assunto”.

Fonte: BocaoNews

Operação contra pirataria digital faz buscas na Bahia e mais 11 estados

Uma operação das Polícias Civil, na manhã desta sexta-feira (1º), combate pirataria digital na Bahia e mais 11 estados do país. Os agentes cumprem 30 mandados de busca e apreensão nos estados.

Segundo o G1, a ação tem como objetivo bloquear ou suspender 210 sites que transmitem filmes, séries e televisão de forma ilegal, além de 100 aplicativos de streaming ilegal de conteúdo. A ação também quer impedir que esses conteúdos ilegais apareçam nos mecanismos de busca, como o Google, e quer remover perfis e páginas de redes sociais.

Além da Bahia, a operação ocorre em Amazonas, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Paraíba, Pernambuco, Santa Catarina e São Paulo. A operação recebeu o nome de 404, que é a mensagem que a aparece no computador quando um site está fora do ar.

Fonte: BahiaNoticias