Com a economia travada, a Bahia terá uma frustração de arrecadação de receita de R$ 3,5 bilhões neste ano, de acordo com o governador Rui Costa (PT). Só no primeiro semestre, o saldo negativo foi de R$ 2,5 bilhões.

Em entrevista à rádio Bandeirantes (SP), na manhã desta segunda-feira (3), o petista afirmou que os efeitos da suspensão das atividades econômicas por causa da pandemia do novo coronavírus vão se arrastar até o ano que vem.

“Mesmo em 2021, os estados e a própria União sofrerão queda de arrecadação em função da retomada da economia ser lenta, pois não teremos ainda, no início de 2021, toda a população mundial e brasileira vacinada e isso trará reflexo no consumo e na atividade econômica, portanto, de fato, só dá para falar de uma retomada plena da arrecadação em 2022”, comentou.

Fonte: BocaoNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui