Cerca de 70% dos imóveis de Salvador estão em situação irregular sem possuir o registro da posse de escritura pública, segundo informou a Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) à Tribuna.

De acordo com o órgão, há dificuldade de regularização desses imóveis por justamente não haver a licença de construção da Sedur. Segundo a secretaria, os bairros que registram o mairo número de denúncia de construções irregulares são Cajazeiras, Pau da Lima, Cabula, São Marcos, Mussurunga e Boca da Mata.

Conforme a Sedur, no ano passado, foram realizadas mais de 4.400 ações de fiscalização em construção das mais diversas na cidade, não apenas a residência. Dentre elas, foram expdidadas 3.548 notificações, 394 embargos, 371 autos de inafração e 96 interdições de construções ou imóveis. Foram mais de 670 ações de demolição de construções irregulares, em áreas públicas e áreas de risco.

Fonte: BahiaNoticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui