A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou em diversas blitz realizadas em diversos estados, neste fim de semana, cerca de 900 motoristas com sinais de embriaguez. Nos casos mais graves os condutores foram detidos, levados para a delegacia da Polícia Civil, tiveram a carteira de habilitação retida e suspensa.

Multa salgada, prisão e CNH suspensa

Embriaguez ao volante é a 6ª principal causa de acidentes fatais nas rodovias federais, com 322 óbitos em 2019.

A multa por embriaguez ao volante custa R$ 2.934,70 ao motorista, que tem a carteira de habilitação suspensa por um ano. Conforme o nível de álcool, além da infração administrativa, o motorista ainda é preso em flagrante por crime de trânsito. Quem se recusa a fazer o teste do bafômetro também é autuado e está sujeito ao mesmo período de suspensão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui