Finalizou nesta quarta-feira, 29 de janeiro de 2019, a ‘Colônia de Férias’ realizada pela Secretária Municipal de Assistência Social através dos Centros de Referencia em Assistência Social (CRAS) do São Lourenço, Liberdade e Castelinho.

A Colônia de Férias acontece duas vezes ao ano durante o período de férias escolares e tem como intuito fortalecer os vínculos entre as crianças e adolescentes, participantes do serviço de convivência dos CRAS de Teixeira de Freitas, de forma mais descontraída e divertida.

O projeto proporciona práticas esportivas, de lazer, recreativas, culturais, de interação social com instituições da comunidade, sempre estimulando e orientando na construção de suas vivências individuais e coletivas além de propiciar uma forma de ocupação sadia para o corpo e para a mente no tempo livre de férias escolares.

De acordo com o secretário municipal de assistência social, Sr. Gilberto Santos, o serviço de convivência acontece no decorrer de todo o ano e serve como um complemento ao trabalho social realizado com as famílias assistidas pelos equipamentos.

“Nas férias escolares, cada CRAS desenvolve um projeto com atividades lúdicas, direcionado as crianças e adolescentes a momentos divertidos como por exemplo uma tarde de lazer em um clube com piscina e jogos, cinema, atividades ao ar livre, gincanas ou uma visita a OAB, que são formas de criar experiências e oportunidades que antes eles não tinham por conta da situação de vulnerabilidade social em que as famílias se encontravam. Por isso agradeço mais uma vez o apoio da prefeitura, através do prefeito Timóteo Brito, que tem se esforçado ao máximo para trazer recursos que fazem com que o CRAS possa manter um belíssimo trabalho em tirar as famílias dessa situação e direcionar essas crianças a um futuro melhor”, informou Gilberto.

A coordenadora do CRAS IV – São Lourenço, Mônica Santos, disse que o serviço de convivência do CRAS trabalha muito o socioeducativo, mas nesse período de férias, a colônia é mais diversificada e acaba por diminuir quaisquer riscos sociais já que as crianças e adolescentes estão envolvidas com o projeto. “Com a Colônia de Férias, acabamos por resgatar valores essenciais, como relembrar brincadeiras antigas, ensinar na prática o respeito as regras conhecendo alguns espaços de nossa cidade” disse.

Segundo a psicopedagoga, Sandra Maria Xavier, técnica de referência do CRASIII – Liberdade, as brincadeiras são formas de estimular a aprendizagem, a imaginação e o conhecimento logico de ver e perceber as coisas. “Uma das atividades desenvolvidas durante a colônia (09/01 à 29/01) no CRAS Liberdade, foi uma acirrada gincana, as crianças foram divididas em quatro equipes que disputavam as provas e somavam pontos. Promover o trabalho em equipe faz com que eles criem ritmos, integrem os aspectos motores, criativos, afetivos, cognitivos e sociais”, afirmou Sandra, agradecendo ainda pela presença do secretário Gilberto que participou como jurado na final da gincana.

Leiva Reuter, coordenadora do CRAS II- Castelinho, ressaltou que a Colônia de férias finalizou, mas, o serviço de convivência continua acontecendo normalmente na rede CRAS da cidade, e que essa primeira colônia de 2020 cumpriu com seus objetivos. “Finalizamos com muito prazer essa primeira etapa, com o retorno das aulas do município voltamos a normalidade do trabalho socioeducativo, porém no meio do deste ano acontecerá a segunda etapa da Colônia de Férias e contamos com a comunidade teixeirense para colaborar, recebendo as nossas visitas para que momentos como esses, vividos por essas crianças e adolescentes continuem acontecendo sempre, e mudando a visão de mundo deles”. Finalizou Leiva.

Por: Tatiana Novais/ ASCOM SMAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui