Conhecido pelo filme “O Jardim das Aflições” sobre o astrólogo Olavo de Carvalho, o cineasta bolsonarista Josias Teófilo disse que recebeu mensagens de estudantes após a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Aplicada nesse domingo (3), a prova de redação teve como tema a “democratização do acesso ao cinema no Brasil”.

“Falei que a dificuldade de acesso não se dá somente no âmbito do espectador, mas também para cineastas que querem exibir seus filmes e não conseguem, tendo em vista a censura por parte de um grupo, o qual domina os meios culturais hoje no Brasil”, disse uma estudante a Teófilo, segundo a coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Em resposta, o diretor disse que é “um belo tema para se discutir”. “A esquerda terá uma visão e a direita, outra”.

Atualmente, Teófilo trabalha para finalizar o longa-metragem “Nem Tudo se Desfaz” que aborda os desdobramentos das manifestações de junho de 2013, que culminaram na eleição do presidente Jair Bolsonaro (PSL) em 2018. A ideia também deve virar livro.

Fonte: BahiaNoticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui