Ministro da Agricultura no governo Lula entre os anos de 2003 e 2006, o engenheiro agrônomo Roberto Rodrigues, 76, afirmou que o acordo entre o Mercosul e a União Europeia colocou o Brasil de volta no jogo global do comércio. “O acordo nos dá um protagonismo diferente, porque o Brasil assume uma nova posição e passa a ser mais cobiçado”, disse o ex-ministro em entrevista à Folha de S.Paulo.

Ele disse acreditar que, com o livre comércio entre as regiões, haverá ganhos e perdas em todos os setores, mas que quem for eficiente se beneficiará.

Para o engenheiro agrônomo, no cenário das inovações tecnológicas, o Brasil precisa cuidar do pequeno produtor para que ele não desapareça. Outra atenção, segundo Rodrigues, deve ser dada a órgãos de pesquisa, que um dia estiveram na fronteira do conhecimento e hoje estão sucateados.

Ele defende ainda o trabalho de Tereza Cristina no Ministério da Agricultura e de Ricardo Salles, no do Meio Ambiente. “Ele faz um trabalho duríssimo, mal compreendido e mal aceito”. “Estou muito contente com Tereza Cristina. Veja o acordo Mercosul e União Europeia, eu fiquei três anos e meio trabalhando com isso, viajando, indo de lá para cá, e não consegui sair do lugar. Agora, ela conseguiu em seis meses. Maravilha. Tentei registrar defensivos agrícolas, [mas] não havia meios. Não consegui registrar nada. Ela registrou muitos defensivos rapidamente. Então ela está soltando processos que estavam encalhados”, falou.

Já Ricardo Salles, para o ex-ministro de Lula, está combatendo uma visão ambiental “colocada erradamente ao longo dos anos”. “Aquilo que eu falei sobre produtividade agrícola e área preservada ninguém sabe. Nós reduzimos a demanda por terra nova com produtividade, isso é sustentabilidade. Acho que o Ricardo Salles pegou uma herança dificílima, radicalizada, e acho que ele faz um esforço enorme para desradicalizar. E muitas vezes a forma de encontrar o caminho do meio é radicalizar do outro lado, para depois caminhar para o acordo e entendimento”, relatou.

Fonte : BahiaNoticias

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here