O pedido de liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve ser julgado até o dia 15 de agosto pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A data é também o prazo final para o registro de candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo informações do Broadcast Político/Estadão, a presidente da Corte Suprema, ministra Cármen Lúcia, deve pautar o processo assim que o ministro Edson Fachin liberá-lo para julgamento. Relator do processo, o magistrado afirmou, nessa quarta-feira (1º), que “toda celeridade em matéria eleitoral é importante para não deixar dúvida no procedimento”. Antes do dia 15, a última sessão plenária do STF será na próxima quinta-feira (9).

Fonte : BahiaNoticias

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here