Elogios aos companheiros, preocupação pela situação na Libertadores, alegria por uma conquista pessoal e indignação. Thiago Galhardo deixou o gramado de São Januário com um misto de sentimento.

Após estrear na competição continental no empate em 1 a 1 contra o Racing, nesta quinta-feira, o camisa 8 deixou claro o descontentamento com uma promoção lançada pela fornecedora do time argentino e destacou a confusão dos torcedores visitantes durante a partida.

– Quero parabenizar o Racing. É um time muito bom. Segundo, uma campanha dessa (do fornecedor do Racing)… Tem de respeitar o Vasco, campeão da Libertadores. Tem de parabenizar nossa torcida, deu show. Diferente da deles, fez aquele ato lá de injúria racial. Não podemos aceitar. Parabéns a nós, para nossa torcida. Argentino só faz merda – disse o jogador.

O Vasco é o lanterna, com dois pontos, mas segue com chances de classificação. Precisa vencer os dois próximos jogos e contar com a ajuda do próprio Racing, que não pode perder de Cruzeiro e Universidad de Chile. A situação, de acordo com Galhardo, é de alto risco.

– Ficou muito difícil a classificação, mas temos que terminar bonito. Acho que contra o Cruzeiro a torcida vai vir nos apoiar, nos motivar. Se tivermos chances, vamos para última rodada buscar no Chile.

O duelo contra os argentinos representou mais que apenas um jogo para o meia. Foi a primeira partida dele na Libertadores. Nos três primeiros compromissos, o meia desfalcou a equipe – duas por suspensão e uma poupado após choque de cabeça em partida contra o Atlético-MG, no Brasileirão. A alegria, porém, não foi completa, muito por uma “injustiça do futebol”:

– Estou feliz em começar jogando depois de alguns problemas. Não tive sequência e estou trabalhando muito para isso. Senti um pouco, muito tempo que não fazia 90 minutos. Me entreguei ao máximo, mas acho que o resultado não foi merecido, cara. A expulsão do Desábato… Vou olhar depois, mas não achei o segundo lance para amarelo. Não nos tornamos o “time da virada” à toa, hoje por pouco não conseguimos mais uma.

Zé Ricardo tem uma semana livre para preparar a equipe. O Vasco descansa no fim de semana – a partida contra o Santos, pelo Brasileirão, foi adiada para julho – e volta a campo na quarta, contra o Cruzeiro, pela Libertadores.

Fonte : GE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here