O Flamengo divulgou uma nota, nesta sexta-feira, anunciando restrições ao jornal Extra.  A atitude acontece após críticas do veículo de imprensa ao clube e ao goleiro Alex Muralha. De acordo com a publicação, o Rubro-Negro não atenderá às demandas exclusivas do jornal, mas os profissionais poderão continuar acessando ao Ninho do Urubu e participando das entrevistas coletivas.

Apesar da afirmação do Flamengo, o Extra Online divulgou que o departamento de comunicação do clube proibiu o repórter Rodrigo Dantas de fazer perguntas ao técnico Reinaldo Rueda durante a coletiva desta sexta-feira.

Contratado em janeiro de 2016 ao Figueirense, o goleiro viveu bons momentos no Flamengo. Ele chegou a ser convocado por Tite para a Seleção Brasileira, no entanto, não conseguiu ter no Rio, até aqui, a sequência de boas boas atuações que teve em Santa Catarina, sobretudo no Campeonato Brasileiro de 2015.

Mesmo não sendo unanimidade desde que foi contratado pelo Flamengo, as críticas ao arqueiro de 27 anos cresceram nesta temporada. Ele perdeu a titularidade na 6ª rodada do Brasileirão e passou a ter ainda menos oportunidades após a chegada de Diego Alves, em julho.

Após a eliminação do clube para o Paraná, nas quartas de final da Primeira Liga, na disputa por pênaltis, o Jornal Extra publicou na capa do seu jornal um editorial afirmando que deixaria de chamar o goleiro de Muralha e passaria a chamá-lo de Alex Roberto. De acordo com o veículo, a mudança se deu em função de ele ter falhado no gol que levou a partida para os pênaltis e de não ter acertado o canto em nenhuma das cinco cobranças feitas por jogadores paranaenses.

Desde então, Muralha só foi titular nas partida contra o Sport, pela 24ª rodada do Brasileiro, e contra o Cruzeiro, na volta da final da Copa do Brasil. A partida terminou em 0 a 0 e o título foi definido nos pênaltis. O clube mineiro convertou as cinco cobranças, sendo que o goleiro rubro-negro acertou o canto em apenas uma.

Depois da decisão, o Extra publicou duas reportagens sobre o goleiro. Na primeira, ressaltaram os protestos de um grupo de torcedores contra ele durante a partida; na segunda, divulgou memes de zoações na web contra Muralha. Além disso, o jornal noticiou que o departamento de inteligência orientou o arqueiro que pulasse no mesmo canto na decisão dos pênaltis contra o Cruzeiro

fonte: superesportes

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here